17-03

Filho de médico, João Diogo terá tido uma infância infeliz, em grande parte devido à morte do pai quanto tinha onze anos. Formou-se em ciências físico-naturais na Escola Politécnica do Porto, tendo iniciado as funções docentes no liceu e no colégio de Lamego. Transferiu-se para o Porto, tendo leccionado nos colégios de Santa Maria, Nossa Senhora da Glória e S. João da Foz do Douro. Em 1902, publica um opúsculo sobre A nova reforma do ensino secundário em França, no qual revela um bom conhecimento dos debates pedagógicos na Europa. (Leitura integral)

 

«DIOGO do Carmo, João», in António Nóvoa (dir.), Dicionário de Educadores Portugueses, Porto, Edições Asa, 2003: 496-498, com adaptações.

 

 

 



publicado por Correio da Educação às 15:11
link do post | adicionar aos favoritos

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




CONTACTOS

ce@asa.leya.com
pesquisa
 
Correio Disciplinar
Ciências Sociais e Humanas
Línguas e Literaturas
Ciências Exatas e Experimentais
Expressões
Escola em destaque
Escola Secundária Alcaides de Faria
Agenda


arquivo
Ligações
Parceiros
subscrever feeds