Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correio da Educação

Correio da Educação

As crianças portuguesas são líderes europeias no acesso à internet através de computadores portáteis e as mais velhas demonstram um dos maiores níveis de uso excessivo dessa ferramenta. Ainda assim, Portugal tem um reduzido nível de uso da internet pelas crianças e jovens, demonstrando um dos mais baixos níveis de atividades online, revela um novo relatório da EU «Kids Online» que olha para as diferenças nacionais entre 33 países europeus.
Os investigadores do projeto publicaram recomendações específicas para Portugal no sentido de reforçar a segurança online: «Visto que há um nível de relativo baixo uso e de algum risco, que os jovens portugueses são dos que mais usam a internet no quarto e que a procuram em espaços públicos fora de casa, é necessário reforçar as suas competências no sentido de diversificar as oportunidades de que tiram proveito, mas também as dos adultos em casa e fora, para estarem preparados para os apoiar caso alguma experiência online seja motivo de incómodo ou perturbação». (Ciência Hoje)

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.