01-06

As faltas à escola podem levar à redução de apoios sociais, de acordo com a proposta de revisão do Estatuto do Aluno e Ética Escolar, aprovado em Conselho de Ministros e que agora seguirá para o Parlamento.
As faltas reiteradas tornam ainda "obrigatória a comunicação à Comissão de Proteção de Crianças e Jovens ou ao Ministério Público tendo em vista, por exemplo, programas de educação parental". Caso os alunos sejam apoiados pela Ação Social Escolar, "a contra-ordenação é substituída pela privação do direito a apoio relativamente a manuais escolares".
Outras novidades são a marcação obrigatória de falta injustificada quando o aluno é expulso da aula e o agravamento das penas das agressões a professores. (CM)


tags:

publicado por Correio da Educação às 09:54
link do post | adicionar aos favoritos

De casino a 31 de Maio de 2018 às 19:24
Hi there, I found your blog via Google while searching for such kinda informative post and your post looks very interesting for me.


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




CONTACTOS

ce@asa.leya.com
pesquisa
 
Correio Disciplinar
Ciências Sociais e Humanas
Línguas e Literaturas
Ciências Exatas e Experimentais
Expressões
Escola em destaque
Escola Secundária Alcaides de Faria
Agenda


arquivo
Ligações
Parceiros
subscrever feeds