Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correio da Educação

Correio da Educação

O PCP e o Bloco de Esquerda levam hoje a plenário da Assembleia da República quatro projetos de lei para estabilizar a profissão docente e tornar obrigatória a publicação das listas de colocação decorrentes das bolsas de recrutamento.
O PCP quer abrir um concurso de ingresso na profissão que permita a mobilidade de professores, pretendendo também definir temporalmente o que são as chamadas necessidades transitórias nas escolas, ao abrigo das quais, ano após ano, milhares de professores preenchem lugares que correspondem a necessidades permanentes do sistema. O Bloco de Esquerda sugere a entrada faseada destes profissionais nos quadros. (Público)

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.