Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correio da Educação

Correio da Educação

 

Segundo um estudo sobre «Questões de género na participação digital», do investigador José Azevedo, da Universidade do Porto, ao contrário dos homens que diversificam e passam mais tempo ao computador, sobretudo para entretenimento e consumo de informação, as mulheres pouco utilizam a Internet e principalmente para trabalho e relações sociais.

A investigação conclui que, apesar da diminuição da desigualdade entre géneros na sociedade portuguesa, esta ainda persiste no acesso à Internet e outras tecnologias de informação e comunicação, sendo esta assimetria designada como “fosso digital”. (Ciência Hoje)

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.