Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correio da Educação

Correio da Educação

As escolas estão a identificar cada vez mais alunos com carências alimentares, aos quais procuram dar resposta, apesar das dificuldades orçamentais. De acordo com a Confederação Nacional Independente de Pais e Encarregados de Educação, as receitas de bufetes e papelarias das escolas estão a sofrer uma quebra de 30 por cento. Os alunos não só têm cada vez menos dinheiro para gastar na escola, como em muitas situações chegam mal alimentados. (JN)

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.