31-10

Em entrevista ao jornal Público, publicada hoje, o ministro da Educação e Ciência revela que as duas medidas principais que estão a ser estudadas, no âmbito da reforma curricular do ensino básico e secundário, são a supressão da disciplina de Tecnologias da Informação e Comunicação no 9.º ano e a divisão de Educação Visual e Tecnológica em duas componentes separadas no 2.º ciclo.
Nuno Crato defende como princípios orientadores “eliminar a dispersão na oferta curricular” e “apenas contratar os professores que sejam estritamente necessários”. (Público)


tags:

publicado por Correio da Educação às 10:30
link do post | adicionar aos favoritos

De Anónimo a 8 de Novembro de 2011 às 22:44
É um erro crasso suprimir a disciplina de Tecnologias da Informação e Comunicação no 9º ano!

É um erro crasso cortar na colocação de professores e “apenas contratar os professores que sejam estritamente necessários”. (Público)!

É um erro crasso cortar na educação!
O futuro o dirá!

Pena é que seja à custa dos construtores (ou não) do futuro (leia-se alunos) e dos docentes - verdadeiros agentes de mudança!

Que nos reservará esse tal futuro???!!!

Muita preocupação, estou certa, se por estes caminhos enveredarmos!

Ana Carneiro


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




CONTACTOS

ce@asa.leya.com
pesquisa
 
Correio Disciplinar
Ciências Sociais e Humanas
Línguas e Literaturas
Ciências Exatas e Experimentais
Expressões
Escola em destaque
Escola Secundária Alcaides de Faria
Agenda


arquivo
Ligações
Parceiros
subscrever feeds