Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correio da Educação

Correio da Educação

O Estudo PISA de 2009, promovido pela OCDE, reporta que 72% dos alunos dos 66 países avaliados dizem que os professores "nunca ou quase nunca" têm de esperar muito tempo para a turma se acalmar e prosseguir a aula, o que é uma média inferior à do estudo feito em 2000.
Os países asiáticos são os mais bem colocados, sendo Finlândia, Grécia e Argentina os países onde, segundo a perceção dos alunos, os professores têm de esperar com mais frequência para que os alunos se acalmem.
Segundo os dados recolhidos, os alunos que relatam que as suas aulas são constantemente interrompidas têm performance pior do que estudantes que relatam que as suas aulas têm menos interrupções.
O documento afirma que um ambiente calmo na sala de aula deriva da "relação positiva entre alunos e professores". Quando os alunos sentem que são "levados a sério", tendem a aprender mais e a ter melhor comportamento. (Estado de São Paulo)

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.