Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correio da Educação

Correio da Educação

 

 

O Conselho Alemão de Ética aprovou, por maioria, os testes genéticos em embriões humanos, uma semana antes de o parlamento do mesmo país iniciar o debate sobre o Diagnóstico Genético Pré-Implantação para impedir o nascimento de bebés mortos ou deficientes.

Na votação, realizada em Berlim, 13 membros do Conselho de Ética, orgão consultivo do governo federal, votaram a favor de uma moção que admite a autorização parcial do DGP, e 11 votaram contra. (Expresso)

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.