Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correio da Educação

Correio da Educação

 

Os primeiros transístores de papel do mundo vão começar a ser fabricados por um consórcio que envolve a Universidade Nova de Lisboa, a Universidade de São Paulo e a empresa Suzano - Papel e Celulose. O projeto pretende determinar as propriedades físico-químicas de 30 amostras diferentes e otimizar o papel para baterias de telemóvel, transístores e outros equipamentos electrónicos. (Expresso)

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.